Hoje partilhamos dicas simples e que são boas para todos, são 10 formas de poupar dinheiro e ser amigo do ambiente ao mesmo tempo.

Não sei vocês, mas por aqui adoramos encontrar formas de poupar algum dinheiro (para depois o gastar em coisas que realmente gostamos de fazer, para nós normalmente isso significa viajar ou investir no nosso trabalho e formação), e melhor ainda se dessa forma estivermos a ajudar o nosso planeta.

1 – Usar sacos de compras reutilizáveis em vez de plástico

Esta é uma das formas mais simples de poupar dinheiro enquanto ajudamos, e muito o ambiente. Basta colocar um saco reutilizável no carro ou ao pé da porta de entrada, ou mesmo na carteira, e sempre que fores às compras levar o saco em vez de comprar um de plástico todas as vezes que fores ao supermercado. Se todas as semanas formos às compras e comprarmos dois sacos, ao fim de um ano podemos poupar à volta de 10€ e são menos 100 sacos de plástico a mais no mundo!

2- Usar garrafa de água reutilizável e enche-la com água da torneira filtrada

Outra forma simples de poupar muito dinheiro e não colocar mais plástico desnecessário no mundo. Se bebêssemos os dois litros de água diários recomendados, por ano seriam cerca de 730 litros de água, ou seja, mais ou menos 121 garrafões de seis litros cada, ou mais de 84€ por pessoa. Bastante dinheiro que podemos poupar aqui não?

3- Colocar dispositivos para reduzir o caudal nas torneiras 

Uma torneira aberta pode gastar por minuto cerca de 10 a 12 litros de água, enquanto se colocarmos um redutor, esses valores podem baixar para cerca de 6 a 8 litros por minuto, uma mudança que no fim do ano pode fazer uma diferença gigante.

4- Deixar a torneira fechada enquanto não é precisa (lavar dentes, mãos, louça)

Tendo em conta o ponto anterior podemos perceber o quanto podemos poupar se desligarmos a torneira sempre que não está a ser precisa, quando estamos a escovar os dentes ou enquanto estamos a esfregar a louça por exemplo.

5- Guardar a água do banho enquanto aquece

Mais um gesto bem simples que podemos fazer, enquanto esperamos que a água do banho fique quente, podemos ter um recipiente ali ao lado e enche-lo com essa água que estava a ser desperdiçada, para depois regar as plantas, colocar no autoclismo, lavar a louça, as possibilidades são infinitas.

6- Usar lâmpadas LED

Trocar as lâmpadas normais por LED pode parecer mais caro à partida, mas com o tempo vai compensar bastante, uma vez que estas são bem mais económicas do que as lâmpadas tradicionais e consequentemente mais ecológicas também.

7- Comer menos carne e produtos de origem animal

Esta é uma das formas mais eficazes que temos para ajudar o meio ambiente, uma vez que estas indústrias são as maiores responsáveis por emissão de dióxido de carbono para a atmosfera, e também porque são necessários muitos mais litros de água para produzir um quilo de carne do que para produzir um quilo de feijão, por exemplo.

E não é preciso falar como essa mudança irá afetar a nossa carteira, visto que os vegetais, legumes e frutas são bem mais económicos do que os produtos de origem animal.

8- Não desperdiçar comida

E diretamente ligada ao ponto de cima, o desperdício alimentar tem um impacto ambiental gigante, e por isso é tão importante termos muita atenção neste ponto. Todos os anos são colocadas no lixo toneladas de comida, e muitas dessas toneladas podiam ser reduzidas se fizéssemos um planeamento melhor das nossas refeições e cozinhássemos/comprássemos só os alimentos que realmente precisamos. Uma dica que fazemos sempre é congelar todos os alimentos que se tão para estragar (sejam já cozinhados ou não).

9- Usar copo menstrual ou pensos reutilizáveis 

Já tinha falado aqui nesta pequena troca, mas a verdade é que é uma mudança enorme para o meio ambiente, uma vez que cada mulher gera em média 11000 tampões ou pensos ao longo do seu ciclo fértil, que podem demorar até 100 anos cada um para se degradar. E se ainda formos olhar para a nossa economia ao fazer esta troca, não há razão para não a fazermos. Se gastarmos 5€ de dois em dois meses, ao fim de um ano são 30€, o valor de um copo menstrual ou de meia dúzia de pensos reutilizáveis, sendo que o copo pode durar entre 5 a 10 anos (os pensos eventualmente duram até mais tempo), poupamos pelo menos 120€.

10- Usar guardanapos de pano

E por último, mas claro não menos importante, trocar os guardanapos de papel por guardanapos de pano. A quantidade de água gasta para fabricar guardanapos de papel é muito grande e por isso, não preciso mencionar como podemos ajudar o ambiente se reduzirmos drasticamente o seu uso, e claro, mais uma vez, o quanto podemos poupar com esta troca, uma vez que não vamos precisar mais de estar sempre a gastar dinheiro desta forma, e podemos reutilizar vezes sem conta os guardanapos de pano.

Claro que vai ser necessário lavá-los? Sim, mas não necessitamos de o lavar a cada utilização (pois basta ter um guardanapo por cada pessoa, com cores diferentes por exemplo, e assim cada um sabe qual é o seu), e também o podemos lavar com a restante roupa, por isso a quantidade de água que utilizamos para o lavar continua a ser inferior àquela que é utilizada para fabricar um guardanapo de papel.

E aí, gostaste das nossas dicas? Que outras mudanças fizeste na tua vida que te ajudou a poupar dinheiro e a ser amigo do ambiente ao mesmo tempo? Conta-nos nos comentários porque adoramos estar sempre a aprender.

 

Photo by Noah Buscher on Unsplash

Author

Fotógrafa e Criadora de conteúdo.

Deixa um comentário

1 + 11 =