Depois de Bordéus, o nosso próximo destino era Barcelona, e como todas as viagens têm contratempos a nossa não podia ser diferente, e por isso decidimos ir para Barcelona mais cedo do que tínhamos pensado, o que nos levou a dormir uma noite à deriva dentro do carro.

Bordéus é realmente uma cidade muito bonita, mas confesso que não foi amor à primeira vista [talvez com outra visita] e por isso decidimos ir embora um dia mais cedo [sim, o facto de ter começado a chover nesse dia de manhã também não ajudou nada], por isso tomamos o pequeno-almoço numa patisserie, porque afinal de contas não podíamos ir embora de França sem entrar numa pastelaria, arrumamos as coisas e metemos o pé na estrada.

Não sei se estamos mal habituados aqui em Portugal, porque quase tudo está aberto todos os dias, mas no dia em que partimos, um domingo, não conseguíamos achar absolutamente nada aberto, e quando digo nada é realmente nada, para pôr gasóleo e não ficar a pé por terras francesas lá tivemos a sorte de encontrar um Intermarché com bombas automáticas 24h e não sei bem como, encontrámos um foodtruck, numa aldeia bem remota com pizzas caseiras feitas em forno de lenha que souberam pela vida, mas foi isto que encontramos num dia inteirinho a atravessar França de carro.

O Caminho até Barcelona!

Depois de bastantes horas a conduzir, encontramos a vila de Foix, ainda em França, que por incrível que pareça tinha dois ou três cafés abertos, paramos por ali para beber um copo de vinho e passar a noite [encontramos um parque de autocaravanas logo na vila, por isso conseguimos dormir tranquilos, sem grandes medos de nos assaltarem o carro].

No dia seguinte, acordamos bem cedo [sim, ainda conseguimos dormir qualquer coisa, os quatro dentro do carro], e seguimos caminho em direcção a Andorra, como dissemos no artigo das 5 dicas para fazer uma RoadTrip, optamos por fazer este pequeno desvio porque o gasóleo ali é bem mais barato [0.89€] e assim poupamos bastante, e aproveitamos para passear um pouco pela capital, Andorra-a-Velha.

Como não queríamos chegar muito tarde a Barcelona não ficamos muito tempo, mas só aquelas paisagens dos Pirenéus valeram muito a pena [e aquelas vaquinhas fotogénicas a melhorar a paisagem ainda mais], e a cidade para além de pequena é bem catita e tem uma escultura do Dali bem no meio da rua para os fãs de arte. Por isso depois de um passeio para esticar as pernas e uma ida ao supermercado para comprar uns queijos para o almoço seguimos caminho.

Já a chegar a Barcelona e como tínhamos o carro optamos por reservar um estacionamento subterrâneo com alguma antecedência [7€ por dia], ficamos bem mais descansados em deixar o carro sozinho, principalmente porque deixámos algumas coisas no carro para não andarmos muito carregados e chegar a uma cidade como Barcelona de carro foi bom ter um sítio para onde ir e não andar às voltas pela cidade.

No próximo artigo dou-vos as dicas todas de uma das cidades mais incríveis que já vi, já tenho vontade de voltar para lá, posso? =D

O Caminho até Barcelona!

O Caminho até Barcelona!

O Caminho até Barcelona!

O Caminho até Barcelona!

Author

Fotógrafa e Criadora de conteúdo.

Deixa um comentário

16 − ten =